black bean burgers
black bean burgers
HAMBÚRGUERES
HAMBÚRGUERES

HAMBÚRGUERES DE FEIJÃO PRETO

Suculentos e húmidos, a melhor receita de Hambúrgueres de Feijão Preto que alguma vez viste! Fumados, picantes e mega deliciosos, feitos com cogumelos, beringela e claro, feijão preto.

Suculentos e húmidos, a melhor receita de Hambúrgueres de Feijão Preto que alguma vez viste! Fumados, picantes e mega deliciosos, feitos com cogumelos, beringela e claro, feijão preto.

INCRIVELMENTE DELICIOSOS

Uma das coisas que mais gosto de fazer na cozinha são hambúrgueres vegetais!

 

As possibilidades de combinação são ilimitadas e é sem dúvida um excelente exercício para nossa criatividade. Tudo se resume a juntar os ingredientes certos, na textura certa, para conseguirmos um resultado delicioso! E ao princípio até pode parecer uma tarefa difícil, mas conforme vamos errando e acertando vamos também percebendo como fazer pra dar sempre certo.

 

Eu começo sempre por escolher o ingrediente base, que vulgarmente são as leguminosas não só pela sua textura que ajuda a aglutinar todos os ingredientes, como por serem nutricionalmente ricas em proteína.

 

Depois gosto de brincar com temperos,por isso ervas e especiarias não faltam uma vez que é com elas que vamos dar todo o sabor ao nosso hambúrguer! A especiaria que marca sempre presença nos meus hambúrgueres é a paprica fumada em doses generosas, porque acho que só ela é capaz de trazer aquele saborzinho fumado que tanto apreciamos, assim com um lado mais “meaty” para quem possa procurar por isso. Aliás, paprica fumada é life changer na vida de um vegano!

 

Depois gosto de juntar diferentes ingredientes que tragam textura e humidade ao hambúrguer, é nessa fase que entram as sementes, os cogumelos, os vegetais variados, as cebolas, confesso que esta é a parte mais divertida de todas,porque é onde podemos começar a trabalhar no que irá ser o resultado do nosso hambúrguer quer em termos de sabor como em termos de textura.

 

Por fim, e para que o nosso hambúrguer vegetal não se desintegre durante a sua fritura ou até mesmo no caso de ir ao forno, é obrigatório adicionar algum ingrediente que ajude a manter coesos todos os ingredientes. Há quem use farinhas e pão ralado, mas eu prefiro usar o belo do arroz integral que a meu ver super funciona, e nutricionalmente é também muito mais interessante.

 

Assim de forma muito sucinta são estes os passos que dou quando crio uma nova receita de hambúrguer, mas confesso que é muito na base da intuição também, e de irmos vendo como é que tudo está a resultar durante o processo em termos de textura e sabor, e vamos ajustando, sem medo! Há alguns fails? Claro que sim, é como em tudo na vida né?

 

Não se espera que o hambúrguer vegetal tenha alguma coisa a ver com um hambúrguer de carne,e não é por se chamarem ambos de hambúrguer que vão ser iguais. Aliás, eu até acho sinceramente que os hambúrgueres vegetais são muito mais saborosos precisamente pela complexidade de sabores e pela construção dos mesmos. Mas gostos à parte, se nunca provaram um hambúrguer vegetal porque acham que não vai ter sabor, ou porque acham que vai saber a feijão, não sabem o que estão a perder por causa dessa ideia errada!

 

Querem uma dica? Façam esta receita e depois digam-me qualquer coisa! Aposto que vão adorar e vão arrepender-se de não terem provado antes!

 

Lá por não serem veganos ou vegetarianos, não quer dizer que não possam deliciar-se com as nossas iguarias!

ESTA RECEITA É:

 

RICA EM SABORES FUMADOS | PICANTE NA MEDIDA CERTA | SUPER SABOROSA | MACIA E HÚMIDA POR DENTRO | SIMPLES | SACIANTE | SEM GLÚTEN

 

 

A receita que vos trago hoje é de hambúrgueres vegetais, como aliás já devem ter percebido! Como adoro feijão preto, optei por partilhar convosco uma receita de Hambúrgueres de Feijão Preto. Um ingrediente fácil de encontra, barato e que resulta lindamente em receitas como esta.

 

À festa juntam-se a cebola, os cogumelos e a beringela, num salteado delicioso que vai fazer maravilhas pelo sabor e textura finais desta receita. São eles que vão trazer aquela suculência que todos gostamos.

 

A lista de ingredientes é extensa, mas não se assustem, não tem nada de muito extravagante ou que seja preciso uma grande ginástica para encontrar. O “ingrediente secreto” que vai fazer com o que vosso hambúrguer passe de muita bom para loucura total é o Molho de BBQ da Bio Bandits!Se o podem omitir? Podem, mas não vai ser a mesma coisa. Mas se tiverem desesperados por fazer esta receita e só vos falta mesmo isso, não se acanhem, façam-na na mesma, deliciem-se, e da próxima já fazem com o molho secreto!

 

Vamos lá passar para a lista de ingredientes.

black bean burgers
black bean burgers
TEMPO DE PREPARAÇÃO 50 MIN
TEMPO DE COCÇÃO 15 MIN
TEMPO TOTAL 1 HORA E 5 MIN
DOSES 8 HAMBÚRGUERES
RESTRIÇÕES ALIMENTARES VEGAN | SEM GLÚTEN
COZINHA N/D
TEMPO DE PREPARAÇÃO 50 MIN
TEMPO DE COCÇÃO 15 MIN
TEMPO TOTAL 1 HORA E 5 MIN
DOSES 8 HAMBÚRGUERES
RESTRIÇÕES ALIMENTARES VEGAN | SEM GLÚTEN
COZINHA N/D

Ingredientes:

400gr de feijão preto previamente cozido (sem sal)

150gr de cogumelos Portobello

120gr de beringela (1 beringela)

140gr de cebola (1 cebola)

3 dentes de alho

3 c.chá de paparica fumada

3 c.chá de Molho de BBQ da Bio Bandits!

Sal

Pimenta preta

Pimenta Cayenne

Azeite

4 colheres de sopa de fumo líquido ou molho tamari

2 c.sopa de sementes de sésamo tostadas

20 azeitonas

30 gr de flocos de aveia integral sem glúten

100gr de arroz integral previamente cozido (sem sal)

Óleo de sésamo tostado

 

PARA SERVIR

1 beringela

1 cebola

Alface roxa

Canónigos

1 couve roxa pequena

Pickles de pepino

Queijo cheddar vegan (eu usei o da Violife)

Pimenta preta

Sal

Sumo de 1 limão

Azeite

Vinagre de arroz

Molho de BBQ da Bio Bandits!

Ingredientes:

400gr de feijão preto previamente cozido (sem sal)

150gr de cogumelos Portobello

120gr de beringela (1 beringela)

140gr de cebola (1 cebola)

3 dentes de alho

3 c.chá de paparica fumada

3 c.chá de Molho de BBQ da Bio Bandits!

Sal

Pimenta preta

Pimenta Cayenne

Azeite

4 colheres de sopa de fumo líquido ou molho tamari

2 c.sopa de sementes de sésamo tostadas

20 azeitonas

30 gr de flocos de aveia integral sem glúten

100gr de arroz integral previamente cozido (sem sal)

Óleo de sésamo tostado

 

PARA SERVIR

1 beringela

1 cebola

Alface roxa

Canónigos

1 couve roxa pequena

Pickles de pepino

Queijo cheddar vegan (eu usei o da Violife)

Pimenta preta

Sal

Sumo de 1 limão

Azeite

Vinagre de arroz

Molho de BBQ da Bio Bandits!

Instruções:

1-Começa por cortar a cebola em rodelas finas, picar o alho, cortar a beringela em cubos pequeninos e picar os cogumelos.

 

2- Coloca a cebola e o alho numa frigideira com 4 colheres de sopa de azeite e uma pitada de pimenta preta e deixa refogar até a cebola ficar bem douradinha. O lume deve estar médio/alto e deves mexer ocasionalmente para evitar que a cebola ou o alho queimem. Adiciona mais azeite se achares necessário.

 

3- Adiciona os cogumelos, a beringela, 3 colheres de sopa de fumo líquido, 3 colheres de chá de paprica fumada, 1 colher de chá de sal e pimenta cayenne a gosto. Vai mexendo ocasionalmente durante cerca de 5 minutos, ou até que vejas que a beringela e os cogumelos estão bem tenros e que reduziram de volume consideravelmente (cerca de metade do volume inicial).

 

4- Coloca tudo num recipiente grande, de modo a que possas adicionar os restantes ingredientes e consigas amassar com as mãos. Adiciona agora o feijão, o arroz, a aveia, as azeitonas picadas, as sementes de sésamo tostadas e o molho BBQ e amassa tudo com as mãos, até criares uma espécie de pasta possível de moldar. Se os teus feijões não estiverem bem bem cozidos talvez seja necessário levar a mistura para um processador de alimentos, mas não processes em demasia, pois não queres que os hambúrgueres fiquem sem textura e se transformem em húmus. Tritura uma parte, talvez metade, e a outra metade fica por triturar, talvez assim seja mais fácil de manter as texturas, no caso de precisares de usar o processador. Prova a mistura e ajusta temperos.

 

5- Leva a mistura para o frigorífico por pelo menos 1 hora, ou até ficar completamente fria. Isto é super importante, porque durante este período de arrefecimento, a mistura vai tornar-se mais firme e coesa, logo mais fácil para moldar os hambúrgueres.

 

6- Molda os hambúrgueres com a ajuda de um aro de metal redondo, daqueles que se usam para cortar mini bolos, colocando a mistura dentro do aro e pressionando com ajuda de uma colher ou mesmo das tuas mãos. Podes fazer este processo de moldagem usando apenas as tuas mãos, mas vais ter um pouco mais de trabalho.

 

7- Podes cozinhar os hambúrgueres logo de seguida, mas é preferível congelar e fazer no dia seguinte, desta forma consegues um resultado final mais coeso e menos catastrófico na hora de fritar.

 

8-Para cozinhar, retira os hambúrgueres do congelador e leva-os diretos para a frigideira previamente aquecida com um fio generoso de óleo de sésamo. Deixa cozinhar de um lado por cerca de 3 minutinhos ou até que vejas que já começa a formar uma crosta douradinha. Vira então do outro lado e deixa cozinhar por outros 3 a 4 minutos. Este processo vai variar um pouco de fogão para fogão, pelo que deves ir certificando que os hambúrgueres não se queimam.

 

9- Podes desfrutar dos hambúrgueres por si só com arroz, batatas fritas, ou qualquer outro acompanhamento ou podes seguir a sugestão e montares um delicioso hambúrguer no pão. Neste caso carameliza uma cebola, bem caramelizada, até ficar naquele ponto quase a passar para o queimado. Depois corta uma couve roxa bem fininha, tempera com vinagre de arroz e massaja a couve por cerca de 2 minutos para a tornar mais tenra. Corta uma beringela em rodelas, tempera com sal, pimenta e sumo de limão, e leva para uma frigideira com um fio de azeite para que fique bem tenra e suculenta. Corta os pickles de pepino em rodelas finas. Para montar o hambúrguer começa por abrir o pão a meio, colocar uma primeira camada de alface e canónigos, depois a beringela, de seguida a cebola caramelizada, o hambúrguer, uma fatia de queijo, molho BBQ, os pickles e finalmente a couve roxa.

 

10- Serve, SEMPRE, acompanhado por batatas fritas. 🙂

Instruções:

1-Começa por cortar a cebola em rodelas finas, picar o alho, cortar a beringela em cubos pequeninos e picar os cogumelos.

 

2- Coloca a cebola e o alho numa frigideira com 4 colheres de sopa de azeite e uma pitada de pimenta preta e deixa refogar até a cebola ficar bem douradinha. O lume deve estar médio/alto e deves mexer ocasionalmente para evitar que a cebola ou o alho queimem. Adiciona mais azeite se achares necessário.

 

3- Adiciona os cogumelos, a beringela, 3 colheres de sopa de fumo líquido, 3 colheres de chá de paprica fumada, 1 colher de chá de sal e pimenta cayenne a gosto. Vai mexendo ocasionalmente durante cerca de 5 minutos, ou até que vejas que a beringela e os cogumelos estão bem tenros e que reduziram de volume consideravelmente (cerca de metade do volume inicial).

 

4- Coloca tudo num recipiente grande, de modo a que possas adicionar os restantes ingredientes e consigas amassar com as mãos. Adiciona agora o feijão, o arroz, a aveia, as azeitonas picadas, as sementes de sésamo tostadas e o molho BBQ e amassa tudo com as mãos, até criares uma espécie de pasta possível de moldar. Se os teus feijões não estiverem bem bem cozidos talvez seja necessário levar a mistura para um processador de alimentos, mas não processes em demasia, pois não queres que os hambúrgueres fiquem sem textura e se transformem em húmus. Tritura uma parte, talvez metade, e a outra metade fica por triturar, talvez assim seja mais fácil de manter as texturas, no caso de precisares de usar o processador. Prova a mistura e ajusta temperos.

 

5- Leva a mistura para o frigorífico por pelo menos 1 hora, ou até ficar completamente fria. Isto é super importante, porque durante este período de arrefecimento, a mistura vai tornar-se mais firme e coesa, logo mais fácil para moldar os hambúrgueres.

 

6- Molda os hambúrgueres com a ajuda de um aro de metal redondo, daqueles que se usam para cortar mini bolos, colocando a mistura dentro do aro e pressionando com ajuda de uma colher ou mesmo das tuas mãos. Podes fazer este processo de moldagem usando apenas as tuas mãos, mas vais ter um pouco mais de trabalho.

 

7- Podes cozinhar os hambúrgueres logo de seguida, mas é preferível congelar e fazer no dia seguinte, desta forma consegues um resultado final mais coeso e menos catastrófico na hora de fritar.

 

8-Para cozinhar, retira os hambúrgueres do congelador e leva-os diretos para a frigideira previamente aquecida com um fio generoso de óleo de sésamo. Deixa cozinhar de um lado por cerca de 3 minutinhos ou até que vejas que já começa a formar uma crosta douradinha. Vira então do outro lado e deixa cozinhar por outros 3 a 4 minutos. Este processo vai variar um pouco de fogão para fogão, pelo que deves ir certificando que os hambúrgueres não se queimam.

 

9- Podes desfrutar dos hambúrgueres por si só com arroz, batatas fritas, ou qualquer outro acompanhamento ou podes seguir a sugestão e montares um delicioso hambúrguer no pão. Neste caso carameliza uma cebola, bem caramelizada, até ficar naquele ponto quase a passar para o queimado. Depois corta uma couve roxa bem fininha, tempera com vinagre de arroz e massaja a couve por cerca de 2 minutos para a tornar mais tenra. Corta uma beringela em rodelas, tempera com sal, pimenta e sumo de limão, e leva para uma frigideira com um fio de azeite para que fique bem tenra e suculenta. Corta os pickles de pepino em rodelas finas. Para montar o hambúrguer começa por abrir o pão a meio, colocar uma primeira camada de alface e canónigos, depois a beringela, de seguida a cebola caramelizada, o hambúrguer, uma fatia de queijo, molho BBQ, os pickles e finalmente a couve roxa.

 

10- Serve, SEMPRE, acompanhado por batatas fritas. 🙂

ALGUMAS DICAS:

* Podes fazer algumas substituições de ingredientes como no caso de não teres paprica fumada, mas o sabor vai ser diferente de certeza. Por isso, se fizeres alguma substituição tem em atenção que o sabor final pode ser bom, mas não será o mesmo.

*Esta receita foi pensada para ser levemente picante, mas se não gostas de picante ou não podes comer não utilizes a pimenta cayenne nem o molho de BBQ.

*Para tostar as sementes de sésamo é só colocá-las numa frigideira, esperar que esta aqueçam, e elas vão começar a abrir como as pipocas! O aroma que libertam também é incrível! Bastam uns minutinhos e estão prontas.

*O molho BBQ da Bio Bandits tem um sabor muito particular e que faz maravilhas nesta receita. Encontram à venda na loja online da NaturallyGreen e se usarem o código TAVG têm sempre 10% de desconto..

ALGUMAS DICAS:

* Podes fazer algumas substituições de ingredientes como no caso de não teres paprica fumada, mas o sabor vai ser diferente de certeza. Por isso, se fizeres alguma substituição tem em atenção que o sabor final pode ser bom, mas não será o mesmo.

*Esta receita foi pensada para ser levemente picante, mas se não gostas de picante ou não podes comer não utilizes a pimenta cayenne nem o molho de BBQ.

*Para tostar as sementes de sésamo é só colocá-las numa frigideira, esperar que esta aqueçam, e elas vão começar a abrir como as pipocas! O aroma que libertam também é incrível! Bastam uns minutinhos e estão prontas.

*O molho BBQ da Bio Bandits tem um sabor muito particular e que faz maravilhas nesta receita. Encontram à venda na loja online da NaturallyGreen e se usarem o código TAVG têm sempre 10% de desconto..

REFERÊNCIAS:

N/D

REFERÊNCIAS:

N/D

FIZESTE ESTA RECEITA? ENTÃO PARTILHA.

Marca @things_about_a_vegan_girl no instagram e usa a hashtag #thingsaboutavegangirl para que todos possamos ver a tua obra de arte!!!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on vk
Share on whatsapp
Share on email

FIZESTE ESTA RECEITA? ENTÃO PARTILHA.

Marca @things_about_a_vegan_girl no instagram e usa a hashtag #thingsaboutavegangirl para que todos possamos ver a tua obra de arte!!!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on vk
Share on whatsapp
Share on email

TAMBÉM PODES GOSTAR...

TAMBÉM PODES GOSTAR...

Sê o primeiro a receber as minhas últimas receitas.

SUBSCREVE A MINHA NEWSLETTER. É GRÁTIS!

SUBSCREVE A

MINHA NEWSLETTER.

É GRÁTIS!

Sê o primeiro a receber as minhas últimas receitas.