APPLE PIE
APPLE PIE
DOCES | TARTES
DOCES | TARTES

TARTE DE MAÇÃ

Aprende a fazer em casa uma das melhores Tartes de Maçã da tua vida! Uma receita fácil com um resultado delicioso e aconchegante!

Aprende a fazer em casa uma das melhores Tartes de Maçã da tua vida! Uma receita fácil com um resultado delicioso e aconchegante!

TARTE INCRÍVEL PARA PARTILHAR COM A FAMÍLIA E AMIGOS

Se há doce que mora no meu coração esse doce é a Tarte de Maçã! A conjugação da maçã no forno com uma dose generosa de canela, tudo abraçado por uma massa quebrada leve e fofa, são a combinação perfeita para me fazer feliz numa tarde fria de Outono!

 

E não me venham com invenções e adaptações, porque eu gosto dela mesmo raiz! É uma tarte incrível para partilhar com a família, com os amigos, e por isso mesmo quando se faz aqui em casa, faz-se em GRANDE!

 

Vocês sabem que eu tenho um particular gosto por saber a história por detrás de cada receita que vos trago. As suas origens, curiosidades, como foi evoluindo ao longo do tempo, então antes de partirmos para a receita deixem-me contar-vos um pouco sobre a história da famosa Tarte de Maçã.

 

A Tarte de Maçã é um doce com enorme popularidade nos Estados Unidos, mas quem levou a receita para terras norte americanas foram os primeiros colonizadores europeus.As primeiras receitas desta tarte datam da época medieval.

“A típica tarte americana feita de maçãs cruas, gordura, açúcar e especiarias doces misturados e assados dentro de uma massa de tarte fechada descende das tartes de maçã inglesas do século XV, que, embora não sejam exactamente iguais, são semelhantes o suficiente para que a relação seja inconfundível.”

 

Uma das primeiras receitas de tarte de maçã apareceu em Inglaterra em 1390 e não levava qualquer açúcar, quer no recheio, quer na massa.

A pergunta que se coloca é, “Mas então porque é que esta tarte se tornou praticamente um símbolo dos Estados Unidos?”

 

Já sabemos que os colonizadores europeus trouxeram a receita para as colónias, assim como trouxeram também as próprias das maçãs, que por essa altura não existiam na América do Norte (apenas alguns exemplos mais selvagens e extremamente amargos ninguém consumia). Claro que uma receita como esta, fácil e acessível, rapidamente fez furor e se disseminou na culinária americana. Durante a Guerra Civil, segundo o livro American Pie: an American Story, "tanto as tropas da União como dos Confederados procuraram maçãs e confiscaram as lareiras - e as caixas de farinha - de fazendeiros brancos e negros para assar tortas".

 

Mas foi só no século XX, que através dos mídia e da guerra, se passou a considerar este doce um símbolo nacional norte-americano.O New York Times afirmou em 1902 que a tarte de maçã se tinha tornado um “sinónimo americano de prosperidade”, e a mítica frase “as American as apple pie”, usada pelo jornalista Charles Hurd para descrever um veterano da Segunda Guerra Mundial foi também usada pelo New York Times em 1928 para descrever as habilidades domésticas da primeira-dama Lou Henry Hoover.

A tarte de Maçã ficou então associada ao amor feminino, ao calor do lar, ao aconchego e durante a segunda guerra mundial os soldados proclamavam orgulhosamente que lutavam pela “tarte de maçã e pela mãe” numa clara alusão à pátria.

 

Bom, depois deste breve resumo sobre a tarte de maçã e o porquê de ser considerada um símbolo Norte-americano, estamos mais que prontos para conhecer e receita e pôr mãos na massa, certo?

ESTA RECEITA É:

 

FÁCIL | BARATA | DOCE | ACONCHEGANTE | GENEROSA | PARA TODA A FAMÍLIA

 

Não se deixem intimidar pelo aspecto magnífico desta tarte, porque apesar de parecer super complexa, é bem simples de ser feita!

 

Para fazerem a massa quebrada, é só misturar todos os ingredientes, amassar e deixar repousar uns minutinhos, tudo em nome da fofura da coisa.

 

O recheio é composto por uma parte de maçãs cruas, previamente maceradas em açúcar, e outra parte por maçãs cozidas com especiarias e vinho do porto que depois de bem cozidas e reduzidas criam um recheio divinal!

 

A cobertura é mais simples do que parece, mas podem sempre criar o padrão que preferirem, ou fechar simplesmente com um círculo de massa simples. Aqui fica totalmente ao vosso critério, gosto, tempo e paciência.

 

Esta tarte de maçã é uma criação do @the_other_vegan,que mais uma vez nos brinda com as suas receitas de comer e chorar por mais!

Vamos lá conhecer todos os detalhes desta receita para comprovarem como é fácil e não perderem mais tempo. Liguem os fornos e bora lá!

APPLE PIE
APPLE PIE
PREP. TIME​ 1 HORA E 10 MIN (MASSA, RECHEIO E MONTAGEM)
TEMPO DE COCÇÃO 25 MIN
TEMPO TOTAL 1 HORA E 35 MIN
DOSES 12 A 16 FATIAS
RESTRIÇÕES ALIMENTARES SEM FRUTOS SECOS | VEGAN
COZINHA AMERICANA
PREP. TIME​ 1 HORA E 10 MIN (MASSA, RECHEIO E MONTAGEM)
TEMPO DE COCÇÃO 25 MIN
TEMPO TOTAL 1 HORA E 35 MIN
DOSES 12 A 16 FATIAS
RESTRIÇÕES ALIMENTARES SEM FRUTOS SECOS | VEGAN
COZINHA AMERICANA

Ingredientes:

BASE

6 chávenas de farinha de trigo

1/2 chávena de açúcar amarelo

250gr de margarina vegana

1 chávena de água

1/2 c.café de sal

 

RECHEIO

750gr de maçãs + 4 maçãs médias

1/2 chávena + 2 c.sopa de água

3 c.sopa de açúcar amarelo

1 c.chá de melaço

1/2 c.café de noz moscada

2 c.sopa de Vinho do Porto

1 pau de canela

Sumo de 1 limão

 

GLACE

1 c.sopa de geleia de arroz

1 c.café de curcuma em pó

1 c.chá de água

Ingredientes:

BASE

6 chávenas de farinha de trigo

1/2 chávena de açúcar amarelo

250gr de margarina vegana

1 chávena de água

1/2 c.café de sal

 

RECHEIO

750gr de maçãs + 4 maçãs médias

1/2 chávena + 2 c.sopa de água

3 c.sopa de açúcar amarelo

1 c.chá de melaço

1/2 c.café de noz moscada

2 c.sopa de Vinho do Porto

1 pau de canela

Sumo de 1 limão

 

GLACE

1 c.sopa de geleia de arroz

1 c.café de curcuma em pó

1 c.chá de água

Instruções:

1- Pré aquece o forno 180°C (356°F).

 

2- Começa por fazer a massa para a base. Numa recipiente coloca a farinha, o açúcar e o sal e mistura. Adiciona a margarina e a água e amassa todos os ingredientes por cerca de 10 minutos até obteres uma massa fofa que não cola nas mãos. Se colar, adiciona um pouco mais de farinha e volta a amassar.

 

3- Deixa a massa descansar por cerca de 25 minutos dentro de um recipiente coberto com um pano de cozinha.

 

4- Enquanto isso, prepara o recheio começando por lavar todas as maçãs e cortando 750gr das mesmas em pequenos cubos que não precisam de ser muito regulares. Coloca os cubos de maçã numa panela e leva ao lume juntamente com a água, o açúcar, o melaço, a noz moscada, a canela, o vinho do porto e o sumo de limão. Quando começar a ferver, diminui o lume e deixa cozinhar por mais cerca de 15 minutos, para reduzir. Mexe ocasionalmente.

 

5- Corta em fatias finas as 4 maçãs que sobraram, e coloca-as num recipiente juntamente com 2 colheres de sopa de açúcar amarelo. Reserva e deixa macerar por cerca de 10 minutos.

 

6- Pega novamente na massa da base e divide-a em 2 partes, deixando uma das partes um pouco maior (que será a parte que vais usar para a base). Reserva a parte mais pequena, e começa por abrir a metade maior com a ajuda de um rolo da massa, coloca depois sobre uma tarteira de fundo removível de 30cm de diâmetro. Corta os bocados de massa excedentes com a ajuda de uma faca, e junta-os à massa que tens reservada. Com um garfo, pica toda a massa da base para que não forme bolhas e leva-a ao forno por 5 minutos. Este passo vai prevenir que a base da tarte não fique crua no fina

 

7- Remove a tua base do forno e começa o processo de rechear com um primeira camada das fatias de maçã maceradas, dispostas uma a uma, lado a lado, até cobrirem toda a área. Polvilha com um bocadinho de canela e pó. Agora coloca toda o recheio de maçã em cima dessa primeira camada. Finaliza com mais uma camada de fatias de maçã maceradas e polvilha mais uma vez com canela em pó.

 

8- Agora pega na outra metade de massa que tens reservada, abre-a com o rolo da massa e corta em tiras de cerca de 1 cm largura para fazer o efeito entrançado no topo da tarte, ou cobre toda a tarte com um círculo de massa inteira se quiseres um aspecto mais tradicional. Neste caso é necessário que faças uns pequenos furos na massa com um garfo ou uma faca, para que o vapor possa sair. Corta as bordas que excedam e pressiona com os teus dedos para fechar bem a tarte.

 

9- Leva ao forno e assa a tarte por cerca de 25-30 minutos ou até ficar bem douradinha. Depois de passarem os primeiros 15 minutos, pincela o topo da tarte com a glace feita anteriormente com a mistura da geleia de arroz, a curcuma e a água. Coloca novamente no forno até o tempo total estar completo e a tua tarte dourada e linda!

 

10- Deixa arrefecer por completo antes de servir.

 

Instruções:

1- Pré aquece o forno 180°C (356°F).

 

2- Começa por fazer a massa para a base. Numa recipiente coloca a farinha, o açúcar e o sal e mistura. Adiciona a margarina e a água e amassa todos os ingredientes por cerca de 10 minutos até obteres uma massa fofa que não cola nas mãos. Se colar, adiciona um pouco mais de farinha e volta a amassar.

 

3- Deixa a massa descansar por cerca de 25 minutos dentro de um recipiente coberto com um pano de cozinha.

 

4- Enquanto isso, prepara o recheio começando por lavar todas as maçãs e cortando 750gr das mesmas em pequenos cubos que não precisam de ser muito regulares. Coloca os cubos de maçã numa panela e leva ao lume juntamente com a água, o açúcar, o melaço, a noz moscada, a canela, o vinho do porto e o sumo de limão. Quando começar a ferver, diminui o lume e deixa cozinhar por mais cerca de 15 minutos, para reduzir. Mexe ocasionalmente.

 

5- Corta em fatias finas as 4 maçãs que sobraram, e coloca-as num recipiente juntamente com 2 colheres de sopa de açúcar amarelo. Reserva e deixa macerar por cerca de 10 minutos.

 

6- Pega novamente na massa da base e divide-a em 2 partes, deixando uma das partes um pouco maior (que será a parte que vais usar para a base). Reserva a parte mais pequena, e começa por abrir a metade maior com a ajuda de um rolo da massa, coloca depois sobre uma tarteira de fundo removível de 30cm de diâmetro. Corta os bocados de massa excedentes com a ajuda de uma faca, e junta-os à massa que tens reservada. Com um garfo, pica toda a massa da base para que não forme bolhas e leva-a ao forno por 5 minutos. Este passo vai prevenir que a base da tarte não fique crua no fina

 

7- Remove a tua base do forno e começa o processo de rechear com um primeira camada das fatias de maçã maceradas, dispostas uma a uma, lado a lado, até cobrirem toda a área. Polvilha com um bocadinho de canela e pó. Agora coloca toda o recheio de maçã em cima dessa primeira camada. Finaliza com mais uma camada de fatias de maçã maceradas e polvilha mais uma vez com canela em pó.

 

8- Agora pega na outra metade de massa que tens reservada, abre-a com o rolo da massa e corta em tiras de cerca de 1 cm largura para fazer o efeito entrançado no topo da tarte, ou cobre toda a tarte com um círculo de massa inteira se quiseres um aspecto mais tradicional. Neste caso é necessário que faças uns pequenos furos na massa com um garfo ou uma faca, para que o vapor possa sair. Corta as bordas que excedam e pressiona com os teus dedos para fechar bem a tarte.

 

9- Leva ao forno e assa a tarte por cerca de 25-30 minutos ou até ficar bem douradinha. Depois de passarem os primeiros 15 minutos, pincela o topo da tarte com a glace feita anteriormente com a mistura da geleia de arroz, a curcuma e a água. Coloca novamente no forno até o tempo total estar completo e a tua tarte dourada e linda!

 

10- Deixa arrefecer por completo antes de servir.

 

ALGUMAS DICAS:

*Tem em atenção na escolha do vinho do Porto porque nem todos são aptos para veganos (o que eu utilizei foi o Dalva Porto LBV 2008).

*Pode acontecer de sobrar alguma massa. Não te preocupes. Abre essa massa que sobrou, coloca chocolate dentro e volta a fechá-la. Leva-a ao forno por cerca de 15 a 20 minutos. O resultado é para lá de delicioso!

ALGUMAS DICAS:

*Tem em atenção na escolha do vinho do Porto porque nem todos são aptos para veganos (o que eu utilizei foi o Dalva Porto LBV 2008).

*Pode acontecer de sobrar alguma massa. Não te preocupes. Abre essa massa que sobrou, coloca chocolate dentro e volta a fechá-la. Leva-a ao forno por cerca de 15 a 20 minutos. O resultado é para lá de delicioso!

FIZESTE ESTA RECEITA? ENTÃO PARTILHA.

Marca @things_about_a_vegan_girl no instagram e usa a hashtag #thingsaboutavegangirl para que todos possamos ver a tua obra de arte!!!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on vk
Share on whatsapp
Share on email

FIZESTE ESTA RECEITA? ENTÃO PARTILHA.

Marca @things_about_a_vegan_girl no instagram e usa a hashtag #thingsaboutavegangirl para que todos possamos ver a tua obra de arte!!!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on vk
Share on whatsapp
Share on email

TAMBÉM PODES GOSTAR...

TAMBÉM PODES GOSTAR...

Sê o primeiro a receber as minhas últimas receitas.

SUBSCREVE A MINHA NEWSLETTER. É GRÁTIS!

SUBSCREVE A

MINHA NEWSLETTER.

É GRÁTIS!

Sê o primeiro a receber as minhas últimas receitas.