MEXIDOS
MEXIDOS
DOCES
DOCES

MEXIDOS

Aprende a fazer Mexidos (ou Formigos), uma sobremesa de Natal tipicamente portuguesa. 13 ingredientes, apenas 5 passos e tens a magia do Natal na tua mesa!

Aprende a fazer Mexidos (ou Formigos), uma sobremesa de Natal tipicamente portuguesa. 13 ingredientes, apenas 5 passos e tens a magia do Natal na tua mesa!

TRADIÇÃO SEM CRUELDADE

Ai o Natal, o Natal!

Não sei quanto a vocês mas para mim é mesmo “the most wonderful time of the year!” Eu fico em êxtase com as primeiras luzes que se vêm nas ruas, fico inebriada pelos cheiros a canela e gengibre que se sentem por todo o lado, apaixono-me a cada decoração de Natal que vejo numa montra (mesmo as mais pirosas), e conto os dias até chegar à noite de Natal! Sim, sim, sou daquelas que sempre teve, e ainda tem, um calendário do advento, e que a cada janela que se abre é menos um dia de espera para a grande noite!

 

Na noite de Natal eu gosto de estar rodeada pelos meus, numa mesa farta de aromas e sabores tradicionais. Não troco os típicos doces de Natal por nenhuma modernice, por mais incrível que esta seja! Sou sincera, quando vejo alguém a comer cheesecake na noite de Natal digo “WHAT?? Eu preciso de dar carinho a esta pessoa para que ela perceba o significo dos sabores do Natal!” Claro que muitas pessoas não gostam dos doces tradicionais desta altura do ano, mas eu não consigo entender como é que isso é possível!

 

Anyway, quando me tornei vegana uma das minhas prioridades foi tentar veganizar os meus doces de Natal favoritos! Se o bacalhau não me faz falta nenhuma, a aletria e o bolo rei fazem, e não é pouca! O meu doce favorito de Natal são os Mexidos, ou Formigos como preferirem, um doce típico do Natal minhoto e transmontano.Sou apaixonada! Os Mexidos eram o doce dos mais pobres que aproveitavam as sobras do pão duro, o mel que produziam, os ovos das suas galinhas e a casca de limão para criar uma sobremesa doce e reconfortante. Os mais ricos adicionavam-lhe frutos secos como uvas passas, nozes e figos cortados aos bocadinhos e Vinho do Porto.

Com o tempo a receita foi evoluindo e a canela foi também introduzida à mistura e tornou-se indispensável.

 

Tradicionalmente os Mexidos são feitos com água, mas a minha mãe sempre os fez com leite! E é esta a minha versão favorita, aquela que me traz o verdadeiro sabor do Natal e da infância!

 

Peguei então na receita da minha mãe, e veganizei a coisa! E não é que saiu melhor que a encomenda? Consegui atingir todo o sabor e texturas da versão não vegana, o que me deixou radiante, como devem imaginar!

ESTA RECEITA É:

TRADICIONAL | NATALÍCIA | RICA EM SABORES | FÁCIL | ACESSÍVEL

 

De uma receita que leva leite e ovos para uma 100% livre de ingredientes de origem animal que não lhe fica a dever nada!

Vocês só precisam de pão da véspera, bebida vegetal, pau de canela e casca de limão, tudo na panela até que o pão fique beeeeem molinho e perfeito para triturar com a varinha mágica! Muitos não fazem este processo, mas eu prefiro criar um creme bem liso e espesso, acho que a receita fica muito mais agradável.

 

Depois disto feito, adicionam os frutos secos, o vinho do porto, canela em pó e uma pitada de açafrão (para imitar a cor que as gemas dos ovos conferem à receita) e o açúcar, e deixam reduzir criando um cremoso e delicioso resultado final! Não tem mesmo nada que saber! Tradicionalmente os Mexidos são servidos em travessa apesar de eu mostrar uma alternativa mais fancy aqui na receita. No final é só polvilhar canela por cima! Aqui no Minho temos a mania de fazer cornucópias com a canela, mas vocês façam o que vos apetecer! Na minha casa costumamos escrever FELIZ NATAL!

 

Espero que façam esta receita, principalmente se amarem canela e frutos secos como eu!! Vocês não se vão arrepender! Prometo! É muuuuuuuito bom!

TEMPO DE PREPARAÇÃO 15 MIN
TEMPO DE COCÇÃO 15 MIN
TEMPO TOTAL 30 MIN
DOSES 8
RESTRIÇÕES ALIMENTARES SEM ÓLEO
COZINHA PORTUGUESA
TEMPO DE PREPARAÇÃO 15 MIN
TEMPO DE COCÇÃO 15 MIN
TEMPO TOTAL 30 MIN
DOSES 8
RESTRIÇÕES ALIMENTARES SEM ÓLEO
COZINHA PORTUGUESA

Ingredientes:

1L de bebida de soja sem açúcar

5 pães da véspera

1 pau de canela

Casca de um limão pequeno

2 cálices de Vinho do Porto

1/3 de chávena de passas

1/3 de chávena de nozes

1/3 de chávenas de avelãs

1/3 de chávena de pinhões

½ chávena de açúcar amarelo

2 c.chá de canela em pó

Uma pitada de curcuma em pó

Canela extra para polvilhar

Ingredientes:

1L de bebida de soja sem açúcar

5 pães da véspera

1 pau de canela

Casca de um limão pequeno

2 cálices de Vinho do Porto

1/3 de chávena de passas

1/3 de chávena de nozes

1/3 de chávenas de avelãs

1/3 de chávena de pinhões

½ chávena de açúcar amarelo

2 c.chá de canela em pó

Uma pitada de curcuma em pó

Canela extra para polvilhar

Instruções:

1- Coloca a bebida vegetal, o pão partido grosseiramente em quartos, as cascas do limão e o pau de canela numa panela, e leva ao lume. Quando levantar fervura, coloca em lume brando e aguarda até que o pão esteja beeeem mole.

 

2- Entretanto coloca os frutos secos e o Vinho do Porto a macerar num pequeno recipiente.

 

3- Quando o pão estiver mole, retira a panela do fogo, remove o pau de canela e as cascas do limão, e com uma varinha mágica tritura tudo até obteres um creme liso.

 

4- Coloca novamente a panela sobre lume brando e adiciona agora os restantes ingredientes. Envolve com uma colher de pau ou espátula e deixa reduzir um pouco, para engrossar um pouco mais o creme e criar uma fusão de sabores perfeita. Deve demorar em torno de 5 minutos. Ajusta os sabores se necessário. Se quiseres mais cremoso, deixa mais tempo. Vai mexendo de vez em quando para que não pegue no fundo da panela.

 

5- Por fim, verte para uma travessa ou para copinhos individuais e polvilha com canela. Deixa arrefecer por completo. Esta sobremesa é ainda melhor feita de um dia para o outro.

Instruções:

1- Coloca a bebida vegetal, o pão partido grosseiramente em quartos, as cascas do limão e o pau de canela numa panela, e leva ao lume. Quando levantar fervura, coloca em lume brando e aguarda até que o pão esteja beeeem mole.

 

2- Entretanto coloca os frutos secos e o Vinho do Porto a macerar num pequeno recipiente.

 

3- Quando o pão estiver mole, retira a panela do fogo, remove o pau de canela e as cascas do limão, e com uma varinha mágica tritura tudo até obteres um creme liso.

 

4- Coloca novamente a panela sobre lume brando e adiciona agora os restantes ingredientes. Envolve com uma colher de pau ou espátula e deixa reduzir um pouco, para engrossar um pouco mais o creme e criar uma fusão de sabores perfeita. Deve demorar em torno de 5 minutos. Ajusta os sabores se necessário. Se quiseres mais cremoso, deixa mais tempo. Vai mexendo de vez em quando para que não pegue no fundo da panela.

 

5- Por fim, verte para uma travessa ou para copinhos individuais e polvilha com canela. Deixa arrefecer por completo. Esta sobremesa é ainda melhor feita de um dia para o outro.

ALGUMAS DICAS:

N/D

 

ALGUMAS DICAS:

N/D

 

FIZESTE ESTA RECEITA? ENTÃO PARTILHA.

Marca @things_about_a_vegan_girl no instagram e usa a hashtag #thingsaboutavegangirl para que todos possamos ver a tua obra de arte!!!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on vk
Share on whatsapp
Share on email

FIZESTE ESTA RECEITA? ENTÃO PARTILHA.

Marca @things_about_a_vegan_girl no instagram e usa a hashtag #thingsaboutavegangirl para que todos possamos ver a tua obra de arte!!!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on vk
Share on whatsapp
Share on email

TAMBÉM PODES GOSTAR...

TAMBÉM PODES GOSTAR...

Sê o primeiro a receber as minhas últimas receitas.

SUBSCREVE A MINHA NEWSLETTER. É GRÁTIS!

SUBSCREVE A

MINHA NEWSLETTER.

É GRÁTIS!

Sê o primeiro a receber as minhas últimas receitas.