ROASTED VEGETABLES
ROASTED VEGETABLES
PRATOS PRINCIPAIS
PRATOS PRINCIPAIS

VEGETAIS ASSADOS COM TOFU

Vegetais assados, a forma mais fácil e deliciosa de comeres os teus vegetais!

Vegetais assados, a forma mais fácil e deliciosa de comeres os teus vegetais!

A LOUCURA POR VEGETAIS ASSADOS INSTALOU-SE

 

 

Se há uns anos atrás me dissessem que comer vegetais assados era algo tão incrível e apaixonante, eu ter-me-ia rido na cara da pessoa e com certeza feito um qualquer esgar de nojo acompanhado de um “blherc!”

 

E esta reacção não seria de estranhar, não só porque eu não era muito amante de vegetais, mas também porque isto de assar vegetais é coisa bastante recente na história da gastronomia mundial! Sim, mundial!

 

Quem de nós tem na memória aqueles vegetais assados que a avó fazia no forno, ou mãe nos dava para comer em dias de festa? Pois, eu já sei a resposta… ninguém. Do forno saiam as carnes, saiam os bolos e os pães, e quanto muito o peixe, mas os vegetais… Esses na sua maioria das vezes eram cozidos até perder a textura e o sabor, ou então salteados ou estufados. Colocar os legumes no forno não era uma opção.

 

“Ok, mas ninguém assava legumes?”

Até 1980 parece que eram muito poucos aqueles que o faziam. O conceito de assar os legumes no forno parece ter tido origem num famoso restaurante italiano, o Al Forno de Johanne Killeen e George Germon,que abriu portas nesse mesmo ano e que tinha apenas um aparelho de cozinha, o forno.

“Começamos a experimentar assar vegetais no forno por necessidade”, disse Killeen. “Não inventamos vegetais assados (…) mas sabíamos que estávamos no caminho certo para algo especial (…) Comer favas torradas com a pele era como comer um doce”

 

Killen e Germon podem não ter sido efectivamente os únicos que trouxeram os legumes assados para as bocas do mundo (literalmente), mas com certeza que tiveram um papel super importante. Em 1991 lançaram o livro Cucina Simpatica que continha imensas dicas sobre como assar vegetais, e esse mesmo livro foi citado por imensos jornais que obviamente salientavam este “novo” método de cozinhar vegetais. Em 1993 o livro chegou ao New York Times, no qual Florence Fabricant, crítica gastronómica, teve o mote perfeito para entrevistar chefs de todo o país e incentivá-los a fazer uso desta técnica, assim como incentivar também os cozinheiros amadores a fazer o mesmo em suas casa.

 

Nesse mesmo ano foi criada a Food Network, canal televisivo dedicado a gastronomia contemporânea, que dá o boom final e torna os legumes assados numa tendência mundial.

A partir dos finais dos anos 90 e início dos anos 2000, a loucura pelos vegetais assados instalou-se, e não é difícil de perceber porquê, quem os prova dificilmente quer outra coisa!

 

Mas porque é que demorou tanto tempo para que os vegetais assados fossem algo tão apreciado e confeccionado nas casas de cada um de nós? Digamos que a literatura gastronómica não ajudou muito para que esse passo fosse dado antes. Os grandes livros de culinária até então recomendavam técnicas como cozinhar a vapor, refogar, escaldar…Então como é que a malta ia sair da caixa se nem os grandes o faziam? Era quase como que instituído que o forno não era para assar legumes e ninguém pensava de outra forma.

Felizmente, algures em Itália, surgiram dois iluminados para nos tirarem das trevas!

 

E há lá coisa melhor que uma montanha de legumes bem assados e caramelizados, em que todos sem excepção, se transformam na melhor versão de si mesmos? Eu não resisto!

ESTA RECEITA É:

 

FÁCIL | SABOROSA | INTENSA | DOURADA | SUCULENTA

 

Não há nada mais fácil do que pôr legumes a assar no forno! Escolher os legumes que mais gostamos, aplicar uma dose generosa dos temperos preferidos, regar com azeite e colocar no forno, que sim, deve estar bem quente e à espera dos nossos legumes.

 

Depois é só deixar que o calor do forno abrace e envolva todos os legumes, intensificando os sabores, criando novas texturas, trazendo novas cores, é toda uma magia linda de se ver!

 

A proposta que vos trago para além de juntar os legumes que mais gosto de comer na sua versão assada, como a cebola roxa, a batata, a abóbora, o pimento vermelho, a cenoura e a beterraba, traz também um tofu delicioso que não só acrescenta ainda mais sabor e textura como equilibra nutricionalmente o prato, tornando-o numa refeição completa.

 

Vou finalmente partilhar convosco uma das marinadas mais top para fazerem com o vosso tofu, que vai deixar aqueles amigos que vos dizem “Tofu? Mas eu não gosto!” a chorar por mais!

 

Vamos lá saltar para a receita que no final de contas é o que todos queremos certo?

ROASTED VEGETABLES
ROASTED VEGETABLES
PREP. TIME​ 6 HORAS E 20 MIN
TEMPO DE COCÇÃO 50 MIN
TEMPO TOTAL 7 HORAS E 10 MIN
DOSES 5
RESTRIÇÕES ALIMENTARES VEGAN
COZINHA N/D
PREP. TIME​ 6 HORAS E 20 MIN
TEMPO DE COCÇÃO 50 MIN
TEMPO TOTAL 7 HORAS E 10 MIN
DOSES 5
RESTRIÇÕES ALIMENTARES VEGAN
COZINHA N/D

Ingredientes:

650gr de abóbora manteiga

800gr de batatas brancas

1 pimento vermelho

1 cenoura

150gr of beetroot

2 cebolas roxas

3 dentes de alho

1 c.chá de paprica fumada

2 c.chá de tomilho

1 c.chá de curcuma em pó

3 folhas de louro

1 c.sopa de molho de soja

1 c.café de Tabasco

Pimenta preta

 

MARINADA DO TOFU

500gr de tofu firme

3 c.chá de paparica fumada

1 c.chá de curcuma em pó

1 c.sopa de tomilho

2 c.chá de vinagre de arroz

2 c.sopa de molho de soja

Sumo de 1 laranja

3 dentes de alho picados

5 c.sopa de água

Pimenta preta

Ingredientes:

650gr de abóbora manteiga

800gr de batatas brancas

1 pimento vermelho

1 cenoura

150gr of beetroot

2 cebolas roxas

3 dentes de alho

1 c.chá de paprica fumada

2 c.chá de tomilho

1 c.chá de curcuma em pó

3 folhas de louro

1 c.sopa de molho de soja

1 c.café de Tabasco

Pimenta preta

 

MARINADA DO TOFU

500gr de tofu firme

3 c.chá de paparica fumada

1 c.chá de curcuma em pó

1 c.sopa de tomilho

2 c.chá de vinagre de arroz

2 c.sopa de molho de soja

Sumo de 1 laranja

3 dentes de alho picados

5 c.sopa de água

Pimenta preta

Instruções:

1- Começa por fazer a marinada do tofu, que deve ficar cerca de 6 horas a absorver todos os sabores que misturares. Num recipiente coloca todos os ingredientes da marinada e mistura-os bem, formando uma pasta bem aromática. Corta o tofu aos cubos e coloca dentro do recipiente que já tem a marinada. Fecha o recipiente e abana gentilmente para envolveres todos os sabores com o tofu. Coloca no frigorífico e deixa descansar. Podes fazer este processo de manhã, se quiseres cozinhar para o jantar, ou na noite anterior se quiseres fazer para o almoço.

 

2- Passadas as 6 horas, coloca o forno a pré-aquecer a 200°C.

 

3- Corta a abóbora e as batatas em cubos do mesmo tamanho, a beterraba em cubos mais pequenos, a cenoura em rodelas finas, o pimento em tiras, a cebola em quartos e o alho picado.

 

4- Coloca uma folha de papel vegetal sobre o tabuleiro do forno, e dispõe os legumes por cima. Adiciona todos os temperos e com as mãos envolve bem para que nenhum legume fique sem tempero.

 

5- Leva ao forno por 50 minutos, ou até que vejas que os legumes estão bem caramelizados. Alguns legumes como a cebola e o pimento vão caramelizar primeiro mas não tenhas medo de os deixar lá até ao final. Vai valer a pena.

 

6- Retira os teus legumes do forno a cada 15 minutos +/- e mexe com uma espátula para que assem de forma uniforme. Volta a colocar no forno.

 

7- O tofu só é adicionado aos legumes depois dos primeiros 20 minutos dentro do forno. Isto para prevenir que fique seco. Passados os primeiros 20 minutos adiciona então o tofu e a marinada que o acompanha aos legumes que tens no forno. Envolve bem com uma espátula para que fique bem distribuído e coloca novamente no forno.

 

8- Ao fim de 50 minutos retira o assado do forno.

 

9- Serve bem quente para que todos os sabores e texturas estejam no seu melhor.

Instruções:

1- Começa por fazer a marinada do tofu, que deve ficar cerca de 6 horas a absorver todos os sabores que misturares. Num recipiente coloca todos os ingredientes da marinada e mistura-os bem, formando uma pasta bem aromática. Corta o tofu aos cubos e coloca dentro do recipiente que já tem a marinada. Fecha o recipiente e abana gentilmente para envolveres todos os sabores com o tofu. Coloca no frigorífico e deixa descansar. Podes fazer este processo de manhã, se quiseres cozinhar para o jantar, ou na noite anterior se quiseres fazer para o almoço.

 

2- Passadas as 6 horas, coloca o forno a pré-aquecer a 200°C.

 

3- Corta a abóbora e as batatas em cubos do mesmo tamanho, a beterraba em cubos mais pequenos, a cenoura em rodelas finas, o pimento em tiras, a cebola em quartos e o alho picado.

 

4- Coloca uma folha de papel vegetal sobre o tabuleiro do forno, e dispõe os legumes por cima. Adiciona todos os temperos e com as mãos envolve bem para que nenhum legume fique sem tempero.

 

5- Leva ao forno por 50 minutos, ou até que vejas que os legumes estão bem caramelizados. Alguns legumes como a cebola e o pimento vão caramelizar primeiro mas não tenhas medo de os deixar lá até ao final. Vai valer a pena.

 

6- Retira os teus legumes do forno a cada 15 minutos +/- e mexe com uma espátula para que assem de forma uniforme. Volta a colocar no forno.

 

7- O tofu só é adicionado aos legumes depois dos primeiros 20 minutos dentro do forno. Isto para prevenir que fique seco. Passados os primeiros 20 minutos adiciona então o tofu e a marinada que o acompanha aos legumes que tens no forno. Envolve bem com uma espátula para que fique bem distribuído e coloca novamente no forno.

 

8- Ao fim de 50 minutos retira o assado do forno.

 

9- Serve bem quente para que todos os sabores e texturas estejam no seu melhor.

ALGUMAS DICAS:

*Podes substituir ou acrescentar qualquer outro legume de tua preferência.

ALGUMAS DICAS:

*Podes substituir ou acrescentar qualquer outro legume de tua preferência.

FIZESTE ESTA RECEITA? ENTÃO PARTILHA.

Marca @things_about_a_vegan_girl no instagram e usa a hashtag #thingsaboutavegangirl para que todos possamos ver a tua obra de arte!!!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on vk
Share on whatsapp
Share on email

FIZESTE ESTA RECEITA? ENTÃO PARTILHA.

Marca @things_about_a_vegan_girl no instagram e usa a hashtag #thingsaboutavegangirl para que todos possamos ver a tua obra de arte!!!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on vk
Share on whatsapp
Share on email

TAMBÉM PODES GOSTAR...

TAMBÉM PODES GOSTAR...

Sê o primeiro a receber as minhas últimas receitas.

SUBSCREVE A MINHA NEWSLETTER. É GRÁTIS!

SUBSCREVE A

MINHA NEWSLETTER.

É GRÁTIS!

Sê o primeiro a receber as minhas últimas receitas.